fbpx

Como aproveitar as delícias das ceias de fim de ano sem exagerar?

23 de dezembro

Especialistas da Rede São Camilo SP dão dicas de como desfrutar da ocasião de forma saudável e sem exageros

Com a proximidade das festividades de fim de ano, fica impossível não pensar nas comidas típicas da época, como peru, panetone e salpicão, além das sobremesas, que compõem a mesa. Porém, por mais prazeroso que possa ser degustar essas comidas, em grandes quantidades, a experiência pode ser um pouco desagradável.

Segundo o Dr. Henrique Perobelli, proctologista da Rede de Hospitais São Camilo de São Paulo, quando comemos de forma exagerada, o organismo aumenta o fluxo sanguíneo no tubo digestivo, produzindo mais insulina e causando sonolência, letargia e fadiga.

“O processo de digestão segue um caminho único. Logo, as enzimas proteinases, como a pepsina e a lipase, que digerem as gorduras, são produzidas e excretadas com um limite máximo de produção. Se a ingestão for muito variada, volumosa e rápida, os neurotransmissores, como a colecistocinina e a gastrina, acabam travando o bolo alimentar e causando indigestão, distensão abdominal, náuseas e até vômitos”, explica.

Além disso, conforme o especialista, um potencial inimigo do sistema digestivo é o consumo de bebida alcoólica, que pode ser prejudicial ao funcionamento do organismo. “Além de dificultar a digestão dos alimentos, o álcool altera a produção de enzimas digestivas pancreáticas, causa desidratação e retardo no esvaziamento gástrico. Por isso, é importante realizar sua ingestão de modo moderado e alternando com água.”

Ceia sem desconfortos

A nutricionista da Rede de Hospitais São Camilo de São Paulo Tatiana Bononi recomenda a escolha de alimentos ricos em vitaminas e fibras, além de baixo teor de gordura e sódio.

“Diversificar o cardápio com temperos naturais, que possam substituir o sódio, e frutas e sucos naturais, que são ricos em vitaminas e minerais, auxiliam na prevenção de várias doenças, assim como aumentam a sensação de saciedade”, destaca a especialista. De acordo com o Dr. Perobelli, para aproveitar o momento em família e as delícias de forma saudável e em pequenas porções, algumas atitudes e dicas são fundamentais para evitar eventuais problemas.

“Alimentos ricos em carboidratos (especialmente os produzidos com uso de farinha branca), manteiga, açúcar cristal, chocolates ao leite, como doces e panetones, se ingeridos em excesso, aumentam o nível glicêmico e dificultam a digestão provocando desconfortos. Por isso, é preferível fazer uma ceia com oleaginosas, como nozes, amêndoas e castanhas, por seus efeitos antioxidantes que diminuem o colesterol; e aves, como o peru, que promovem a saciedade precoce e contêm magnésio, sendo uma boa fonte de proteína animal”, reitera.

Outra dica do especialista é evitar queijos curados e gordurosos, ingerir arroz com lentilha para uma melhor digestão e, claro, aproveitar, e muito, as festas.

© 2022 São Camilo Oncologia | RT: Dr. Abner Barrozo CRM: 114743