Acesso Rápido

Seja bem-vindo(a), hoje é Sexta-feira, 10 de Julho de 2020

Dia 21 é celebrado o Dia Mundial de Prevenção de Lesão por Pressão

19 de novembro

Em 21 de novembro é comemorado o Dia Mundial de Prevenção de Lesão por Pressão. A data foi instituída para sensibilizar pacientes, familiares, profissionais de saúde e gestores sobre a importância da prevenção desse evento adverso.

A lesão por pressão, antigamente conhecida como úlcera por pressão ou escara, é um dano na pele causado pela pressão exercida, em regiões com protuberâncias ósseas ou áreas com dispositivos médicos, por um tempo prolongado o que impede a circulação sanguínea e causa a destruição do tecido. Acomete principalmente pessoas acamadas, cadeirantes ou aquelas com restrições ou impossibilitadas de mudar de posição.

Levantamento da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) mostra que dos mais de 134 mil incidentes notificados, 17%, corresponderam às lesões por pressão, no período de 2014 a 2017. Os dados revelam ainda que a lesão por pressão é o terceiro tipo de evento mais frequentemente notificado pelos serviços de saúde do país, além disso, a Organização Mundial de Saúde (OMS) relata que é a quinta principal causa de morte no mundo.

Reduzir a lesão por pressão no ambiente hospitalar é uma das 6 Metas Internacionais de Segurança do Paciente da OMS. A medida foi tomada em razão da alta incidência de complicação relacionada a esse tipo de lesão no mundo, que pode ser evitada com medidas simples, mas que ainda é um problema de saúde pública.

O diagnóstico da lesão por pressão é simples: basta inspecionar a pele diariamente observando presenças de áreas avermelhadas geralmente em região de proeminências ósseas (quadril, calcanhares, região dorsal) e que não embranquece ao realizar pressão sobre a mancha. 

Para prevenir a lesão por pressão, o IBCC Oncologia adota uma série de medidas preventivas, ou seja protocolos, que envolvem avaliação de risco e inspeção da pele diariamente, utilização de colchões especiais para alívio de pressão, programação de cuidados específicos para o risco identificado e acompanhamento das equipes multidisciplinares. 

A enfermeira estomaterapeuta Lilian Quiroz, ressalta que o Serviço de Estomaterapia em conjunto com o Grupo Especializado em Pele e Estomas (Gepe) do IBCC Oncologia desenvolvem ao longo do ano ações de educação permanente aos profissionais de saúde, pacientes e cuidadores. Lilian lembra “este mês realizamos pelo terceiro ano consecutivo a Campanha Stop Lesão Por Pressão que tem como finalidade sensibilizar todos os envolvidos no tratamento do paciente com risco de lesão por pressão”.

Confira 7 ações preventivas de lesão por pressão:

© 2020 IBCC Oncologia