Dia Mundial do Câncer: IBCC Oncologia participa da campanha Vá de Lenço

4 de fevereiro

Iniciativa da Abrale tem o apoio de outras 28 instituições de saúde

 

Neste 4 de fevereiro, Dia Mundial do Câncer, a Abrale (Associação Brasileira de Leucemia e Linfoma) e outras 28 instituições, incluído o IBCC Oncologia, se unem na campanha Vá de Lenço para reforçar sobre a importância e os cuidados que devemos ter para prevenir o câncer.

 

Por isso, o IBCC convidou pacientes, profissionais e seguidores a aderirem a campanha. Basta colocar um lenço na cabeça, tirar uma foto e compartilhar nas redes sociais com a hashtag Vá de Lenço (#vádelenço). Atualmente, 7,6 milhões de pessoas no planeta morrem de câncer a cada ano. Dessas, 4 milhões têm idade entre 30 e 69 anos de acordo com informações do Instituto Nacional do Câncer (INCA).

 

O tabagismo é o principal fator de risco e causa 22% das mortes no mundo por conta da doença. Outros fatores são a alimentação baseada em produtos ultraprocessados – que contêm altos índices de gorduras, sódio e açúcar -, o consumo excessivo de álcool e o sedentarismo. Se não forem tomadas medias para a conscientização sobre a doença e desenvolver estratégias para lidar com o câncer, a previsão para 2025 é de 6 milhões de mortes prematuras por ano.

 

Ação na Avenida Paulista

Uma grande cabine estará instalada em frente ao shopping TOP Center, na Avenida Paulista. As pessoas que passarem pelo local serão convidadas a responder um quiz, com 6 perguntas de múltipla escolha, sobre os fatores de risco para o câncer. Poderão entrar 6 pessoas de cada vez. O número 6 é uma alusão ao dado de mortes pela doença. Mais do que medir o nível de conhecimento, a ideia é passar a informação correta para a população. Quem responder às perguntas ganhará um lenço. Também serão distribuídos copinhos que mostram a quantidade de açúcar equivalente à existente em um copo de refrigerante. A ação contará também com a participação de um médico especialista, que irá esclarecer as dúvidas e orientar as pessoas sobre a doença.

© 2020 IBCC Oncologia | RT: Dr Walter Galvão CRM 112.793