Durante Pandemia, tratamentos oncohematológicos não podem ser adiados, alerta especialista

20 de abril

IBCC Oncologia faz força tarefa e permanece com assistência normalizada na Unidade de Hematologia e Transplante de Medula Óssea

O cenário de pandemia causado pelo Covid-19 fez com que várias instituições de saúde revisassem seus fluxos e protocolos com o objetivo de minimizar a proliferação do vírus dentro de hospitais e entre a população, pensando em proteger os profissionais da saúde e os pacientes que passam por tratamentos de alta complexidade e estão com a imunidade comprometida. Restrição de acompanhantes e visitantes, remarcação de consultas e cirurgias eletivas e suspensão de procedimentos que podem aguardar em segurança, foram algumas destas ações adotadas pela maioria dos hospitais, em decorrência do aumento no número de casos de infecção por Coronavírus.

Mas é importante lembrar que alguns tratamentos, como os oncológicos e oncohematológicos, não podem ser adiados, segundo o Dr. Roberto Luiz da Silva, coordenador médico da Unidade de Transplante de Medula Óssea do IBCC Oncologia. As próprias recomendações da SBOC (Sociedade Brasileira de Oncologia Clínica) e SBTMO (Sociedade Brasileira de Transplante de Medula Óssea), emitiram pareceres atualizados que reforçam a necessidade de manutenção das quimioterapias, cirurgias, radioterapias, dentre outros procedimentos, a fim de dar continuidade ao tratamento do paciente, que na maioria das vezes, requer agilidade para sucesso no desfecho clínico.

No IBCC Oncologia, a Unidade de Hematologia e Transplante de Medula Óssea é totalmente isolada das demais instalações do hospital e conta com equipe própria, médicos exclusivos 24h e uma UTI também exclusiva dentro da Unidade.

“Após formação do Comitê de enfrentamento do Coronavírus, entendemos que seria essencial redobrar os cuidados com a oncohematologia, adaptamos as restrições para a realidade dessa especialidade visando proteger o paciente que, naturalmente, já requer cuidados especiais.

Quem passa pelo transplante de medula necessita de uma unidade com isolamento permanente, apartamentos com filtro de ar de alta eficiência e pressão positiva ( HEPA) , profissionais treinados a manipular o paciente imunossuprimido grave para proteção e prevenir que ele adquira infecções comuns de terceiros, com a Pandemia redobramos esses cuidados”, completa o médico.

Os tratamentos hematológicos permanecem normal no IBCC Oncologia. Para mais informações e caso precise de uma consulta agende pelo número: (11) 3474-4255

 

© 2020 IBCC Oncologia | RT: Dr Walter Galvão CRM 112.793