“Empoderamento assistencial” estimula reflexão sobre o papel da enfermagem

17 de novembro
IBCC Oncologia lança campanha para fomentar capacidade de decisões e autonomia do papel da enfermagem

Com o objetivo de fomentar o domínio e a capacidade de tomada de decisões que envolvem a atuação desta profissão dentro do ambiente hospitalar, o IBCC Oncologia inicia uma campanha de empoderamento da enfermagem.

Diariamente, a rotina dos plantões, os casos de urgência e emergência e o convívio com situações sensíveis que tocam esses indivíduos exigem capacidade de respostas ágeis, complexas e segurança sobre decisões pensando sempre em praticar o cuidado seguro.

O empoderamento é uma campanha que reforça condutas previstas no código de ética do enfermeiro, reacende a importância do fluxo estruturado mediante um dilema e as recomendações do Conselho de Classe visando a disseminação de práticas de enfermagem efetivas com base no comportamento ético, na responsabilidade e no compromisso respaldado pela ciência.

O quanto eu conheço e compartilho sobre a minha área de atuação? Qual o meu papel além do que é previsto e esperado pelo meu cargo e o quanto posso ser considerado um profissional referência? São perguntas que buscamos despertar a reflexão em nossos profissionais com essa campanha”, afirma a gerente assistencial do IBCC Oncologia, Fabiane Jerônimo.

Com a missão de cuidar de pessoas, histórias e vidas, o IBCC busca disseminar aos profissionais a importância da capacidade de reflexão, autonomia, visão ampliada e atitudes assertivas para melhorar a rotina e a assistência segura, elevando o perfil e status da enfermagem. “Empoderar não significa ser dominante ou sobrepor alguém, mas exercer condições sociais e profissionais de forma consciente promovendo mudanças e minimizando o que é desigual”, conclui a gerente.

Código de ética

No código de ética dos profissionais da enfermagem no Portal do Coren/SP, entre os direitos estão a participação da prática multiprofissional, interdisciplinar e transdisciplinar com responsabilidade, autonomia e liberdade, observando os preceitos éticos e legais da profissão. Outro direito seria aprimorar conhecimentos técnico-científicos, ético-políticos, socioeducativos, históricos e culturais que dão sustentação à prática profissional e ter acesso às informações relacionadas à pessoa, família e coletividade, necessárias ao exercício profissional. Como dever fundamentar suas relações no direito, na prudência, no respeito, na solidariedade e na diversidade de opinião e posição ideológica.

Fluxo mediante dilema

No IBCC Oncologia existe um Procedimento Operacional Padrão (POP UI 005) para orientar os profissionais que estiverem em situações de decisões complexas ou frente a dilemas. Em caso de dúvida na tomada de decisão posterior a uma orientação técnica ou administrativa da qual não se sentir seguro ou não estiver de acordo seguir as normas previstas que são: acionar o enfermeiro direto, caso não seja resolvido demandar ao supervisor e se ainda não for solucionado o dilema, acionar o coordenador.

Campanha

O slogan da campanha traz uma importante reflexão:

Enfermagem empoderada, rotina estruturada.
Onde há dilema, há conhecimento.
Enfermagem madura, hospital seguro.
Domínio sobre decisões, consciência das ações.

Palavras-chave da campanha

Domínio
Decisão
Segurança
Dilema
Consciência
Referência

© 2020 IBCC Oncologia | RT: Dr Walter Galvão CRM 112.793