Seja bem-vindo(a), hoje é Sexta-feira, 21 de Fevereiro de 2020

IBCC Oncologia bate a marca de 600 transplantes de medula óssea

16 de janeiro

O IBCC Oncologia bateu a marca de 600 transplantes de medula óssea em janeiro de 2020. Desses, 268 foram autólogos e 348 alogênicos totalizando 616 procedimentos realizados.

Na avaliação do médico hematologista e coordenador da equipe de transplantes de medula óssea do hospital, Dr. Roberto Luiz da Silva, celebrar essa marca de 600 transplantes, desde que o serviço foi implementado, demonstra a experiência e capacidade técnica das equipes envolvidas. “São 616 transplantes de medula óssea no IBCC Oncologia em 11 anos de muito trabalho”. disse.

Os médicos, enfermeiros e psicólogos integrantes da equipe, entre outros especialistas, estão frequentemente sendo treinados, tanto no Brasil como no exterior, para oferecer o melhor ao paciente“, falou o médico.

Ele ressaltou ainda “sinto muito orgulho de estar numa instituição privada, beneficente de assistência social e poder realizar um serviço de qualidade“.

O IBCC Oncologia possui 50 leitos para transplante e é considerado um dos maiores do Brasil em número de leitos. E um dos principais diferenciais do hospital na realização desse procedimento é que a Unidade é totalmente exclusiva com UTI própria, pronto atendimento, ambulatório, hospital dia e hematologistas 24h.

É uma área totalmente isolada das demais do hospital e todos os apartamentos possuem filtro de ar com pressão positiva, o que minimiza os riscos de infecção hospitalar. Além disso, todos os pacientes são monitorados 24 horas por dia pela equipe médica, por câmeras.

Os quartos da área de Transplante são funcionais, possuem design moderno e alegre e alta tecnologia em equipamentos médicos. Os leitos foram projetados por várias equipes técnicas do IBCC com o foco central em proporcional o bem-estar ao paciente.

O chuveiro de banho e a ducha higiênica foram desenvolvidos especialmente para o IBCC com material liso de fácil higienização que impede o acúmulo de resíduos o que contribui para proliferar infecções.

Como é feito o transplante de medula óssea

A coleta da medula óssea para o transplante é feita por meio de uma máquina de aférese. O aparelho retira, pela veia do braço, somente a parte do sangue necessária (as células da medula óssea) e devolve os outros componentes sanguíneos para o organismo do paciente. Após a coleta da medula, o transplante é realizado pela equipe médica do IBCC Oncologia.

A Dra. Maria Cristina Macedo, coordenadora técnica da TCTH do IBCC Oncologia, esclarece que a atuação em equipe garante ainda mais sucesso nos transplantes realizados no hospital. “Nossos esforços têm sido fundamentais para alcançar os resultados que estamos conquistando“, declarou.

Mais de 80 doenças tem indicação para a realização de transplante de medula óssea como tratamento. Entre elas podemos destacar:
– Mieloma Múltiplo
– Linfoma de Hodgkin
– Linfoma não Hodgkin
– Leucemia Mielóide Aguda
– Leucemia Linfoide Crônica
– Leucemia Linfoide Aguda
– Leucemia Mielóide Crônica
– Aplasia de Medula Óssea ou Anemia Aplástica Grave
– Anemia Falciforme

© 2020 IBCC Oncologia