Acesso Rápido

Seja bem-vindo(a), hoje é Sábado, 04 de Julho de 2020

Junho Vermelho: IBCC Oncologia precisa de doações de sangue

4 de junho

Nos meses mais frios há uma queda nas doações e com a pandemia de Covid-19, os bancos de sangue precisam de você

As pessoas que precisam de sangue dependem da generosidade da população. Isso em razão de não existir, até o momento, medicamento que substitua a doação ou uma forma de fabricar sangue. Por isso, a campanha Junho Vermelho, visa envolver governo e população para que ocorra aumento nas doações de sangue nos hemocentros de todo o país.

O mês de junho foi escolhido por dois motivos. Um deles é por conta do dia 14 do mesmo mês, em que se comemora o Dia Mundial do Doador de Sangue. E a outra questão é de ordem mais prática: os meses mais frios, como junho, julho e agosto, registram uma baixa nas doações nos hemocentros. Além disso, com a pandemia de Covid-19, os bancos de sangue tiveram redução significativa nos estoques.

A situação esse ano ficou ainda mais agravada em razão da pandemia pelo novo coronavírus que afastou os costumeiros doadores do IBCC Oncologia”, comenta Juliana Lima, coordenadora do Banco de Sangue do Hospital. Ela alerta para a queda nas doações de sangue, nos meses de inverno, que fica entre 30 e 40% menor o que acaba por refletir na realização de cirurgias oncológicas.

O coordenador médico do Banco de Sangue do IBCC Oncologia, Dr. Dante Langhi, que é também presidente da Associação Brasileira de Hematologia, Hemoterapia e Terapia Celular (ABHH) ressalta que se o doador for tomar algum tipo de vacina, deve doar sangue antes de vacinar.

O Banco de Sangue do IBCC Oncologia está preparado para receber os doadores e, em tempos de coronavírus, disponibiliza esquema especial para evitar aglomerações e manter distâncias seguras entre os doadores. O telefone para agendar dia e horário da doação e evitar a aglomeração desnecessária é (11) 3474-4280.

Menos de 2% da população brasileira é doadora — a recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS) é que essa porcentagem esteja entre 3% e 5% para que um país possua um estoque seguro de sangue. Atualmente, de acordo com o Ministério da Saúde, são feitas 3,4 milhões de doações de sangue ao ano no país.

A campanha Junho Vermelho é mais um alerta à sociedade sobre a importância desse ato solidário que pode salvar até 4 vidas numa única doação.

© 2020 IBCC Oncologia