Acesso Rápido

Seja bem-vindo(a), hoje é Domingo, 05 de Julho de 2020

Confira orientação da Sociedade Brasileira de Oncologia Clínica sobre o Covid-19

20 de março

Aos Pacientes com Câncer 

  1. Não interromper seus tratamentos oncológicos;
  2. Evitar contato físico, como cumprimentar com beijos e abraços;
  3. Evitar contato com qualquer pessoa que tenha sintomas gripais e/ou que esteja em investigação para possível infecção pelo COVID-19;
  4. Evitar contato com pessoas que estejam chegando do exterior, com ou sem sintomas gripais;
  5. Caso apresente um dos seguintes sintomas, contatar seu médico: febre, coriza, tosse seca, falta de ar.

No Hospital

  1. Evitar contato físico direto, mesmo com o seu médico e a equipe de saúde;
        – Tome a mesma atitude com todas as pessoas que estiverem circulando pelo ambiente hospitalar.
  2. Evitar ambientes fechados e principalmente aglomerações;
        – Permaneça somente o tempo necessário em ambiente hospitalar.
  3. Pacientes que vão a um centro de tratamento oncológico devem ir acompanhados de apenas uma pessoa, e este acompanhante não pode apresentar nenhum sintoma de gripe;
  4. Visitas hospitalares devem se restringir àquelas estritamente necessárias.

A Toda a População

  1. Manter a higiene das mãos, lavando-as com sabonete por pelo menos 40-60 segundos ou higienizando-as com álcool em gel 70% por 20-30 segundos, diversas vezes ao dia.
  2. Cobrir com o antebraço o nariz e boca ao tossir ou espirrar.
  3. Evitar ambientes fechados e principalmente aglomerações.
    Eventos com grande público estão sendo cancelados e desencorajados em todo o mundo.
  4. Só tem indicação de realizar o exame para diagnostico de COVID-19, neste momento, quem apresentar sintomas suspeitos, tiver entrado em contato com caso suspeito ou confirmado e tiver sintomas e histórico de viagem ao exterior nos últimos 14 dias.
  5. Parentes ou pessoas próximas de pacientes com câncer devem evitar contato com os mesmos em caso de qualquer sintoma suspeito de gripe ou contato com terceiros que tenham sintomas ou infecção confirmada.
  6. A SBOC lembra que tratamentos paralelos, como uso indiscriminado de vitaminas C e D, e outras modalidades não comprovadas, além de ineficazes.

 

Fonte: Posicionamento da SBOC

© 2020 IBCC Oncologia