Acesso Rápido

Seja bem-vindo(a), hoje é Domingo, 05 de Julho de 2020

Radioterapia de intensidade modulada implantada (IMRT) no IBCC Oncologia

17 de julho

Além da IMRT, o IBCC está avançando para novas etapas em radioterapia, confira.

Com a evolução da tecnologia no IBCC Oncologia é possível realizar uma radioterapia mais complexa, que é a IMRT (radioterapia de intensidade modulada), sendo uma evolução do tratamento com uma técnica mais sofisticada, implantada desde o início de 2019 na unidade. A IMRT é uma modalidade de radioterapia que permite a administração de altas doses de radiação no volume alvo (tumor), minimizando as doses nas demais regiões de forma muito eficaz.

“A maioria dos pacientes teria indicação a uma radioterapia de intensidade modulada, o problema é que a complexidade e o custo deste procedimento são mais elevados do que da radioterapia convencional. Essa tecnologia ainda não está contemplada para muitas patologias no roll da ANS. Em algumas situações ela é essencial para o tratamento como: cabeça e pescoço, região anatômica com melhor benefício devido às estruturas muito críticas em volta. Ela é uma evolução da radioterapia convencional, onde se consegue conformar mais a dose no tumor e rapidamente no mesmo momento reduzir a dose em estruturas vizinhas, que toleram doses menores de radiação”, afirma a dra. Silvia Radwanski Stuart, radioncologista e responsável pelo serviço de Radioterapia do IBCC Oncologia.

A incorporação de novas técnicas possibilita entregar doses mais elevadas em algumas localizações. “Isso não era possível realizar com a técnica convencional e, ao mesmo tempo, diminuir a toxicidade do tratamento, trazendo então para o paciente do IBCC Oncologia um super avanço”, complementa a radioncologista.

Vários diagnósticos irão se beneficiar desta técnica e de outras que o IBCC Oncologia está incorporando na Radioterapia. Em breve serão divulgadas novidades com procedimentos de radioterapia guiada por imagem (IGRT).

 

Dra. Silvia Radwanski Stuart

© 2020 IBCC Oncologia