Acesso Rápido

Seja bem-vindo(a), hoje é Quinta-feira, 28 de Maio de 2020

Saiba as complicações de se adiar cirurgia oncológica por conta da pandemia

14 de Maio

Com a pandemia de Covid-19, o cuidado médico contra o câncer no Brasil tem padecido em várias diretrizes, entre elas inúmeras cirurgias que estão sendo adiadas. Em muitos casos, os próprios pacientes estão cancelando com medo de serem infectados pelo coronavírus nos hospitais. No IBCC Oncologia essa redução foi de 44% em suas cirurgias.

Por isso o Hospital reitera para a necessidade e a importância de se manter as medidas de isolamento, mas alerta que, dependendo do tipo de tumor e do estágio da doença, há maior risco de morrer pelo câncer do que pelo Covid-19.

O cirurgião oncológico do IBCC Oncologia, Dr. Abner Barrozo, destaca que o primeiro tratamento oncológico seguido por cirurgia precoce é fundamental para controlar e ou retardar o tumor. “Adiar cirurgias oncológicas pode ser perigoso e trazer consequências muitas vezes irreversíveis para o paciente. O câncer pode ser mais agressivo se houver demora para a realização de uma cirurgia. O cuidado tardio ou indevido pode reduzir as chances de cura do paciente“, diz.

A cirurgia é uma importante aliada ao tratamento contra o câncer e 90% dos pacientes com a doença deverão precisar de cirurgia em algum momento do tratamento. Dados mostram que os procedimentos cirúrgicos muitas vezes podem ser a melhor opção para até 95% dos casos de câncer em estágio inicial.

Segundo o médico, há uma preocupação latente de que passada a pandemia, tenhamos uma epidemia de casos avançados de câncer, por isso precisamos dar suporte de atendimento aos pacientes oncológicos. É preciso lembrar que o câncer não é eletivo. Nem sempre é emergência, mas é uma urgência, certamente. Por isso, quanto mais rápido tratar, operar, melhor o prognóstico.

O IBCC Oncologia reforçou ainda mais a atenção e os cuidados para que cirurgias e procedimentos sejam realizados com o mais alto grau de segurança para os pacientes, especialmente nessa época de pandemia. A jornada do paciente dentro do Hospital é feita com toda a proteção em relação aos contatos que ele terá.

Todos os pacientes do IBCC Oncologia que irão realizar uma cirurgia oncológica eletiva, são testados previamente para o Covid-19, e eventualmente, submetidos a uma tomografia de tórax na véspera da cirurgia para checar se não há comprometimento do pulmão.

Vale destacar que o Hospital possui unidade específica e isolada para pacientes com Covid-19 dentro das instalações e uma UTI própria para esses casos.

© 2020 IBCC Oncologia